sexta-feira, 26 de maio de 2017

Museu de Sines / Casa de Vasco da Gama

O núcleo sede do Museu de Sines e a Casa de Vasco da Gama estão instalados no castelo de Sines. O núcleo sede inclui uma exposição dinâmica sobre o século XX em Sines, bem como uma apresentação das peças mais significativas do património arqueológico do concelho, do Tesouro do Gaio às cantarias das pedras visigóticas.
Através de um conjunto de instalações multimédia, a Casa de Vasco da Gama, na Torre de Menagem, mostra-nos a biografia do célebre navegador e os espaços onde aquele habitou no castelo.



 Exposição organizada a partir das colecções de arqueologia do Museu de Sines, mostra objectos que são testemunho dos homens que os criaram e utilizaram, quer no seu dia-a-dia, para tirar melhor partido daquilo que a natureza lhes oferecia, quer nos rituais e devoções com os quais procuravam dar um significado maior aos fenómenos com que se confrontavam.
A exposição presenta objectos dos períodos Neolítico, Calcolítico (Idade do Cobre), Idade do Bronze, Idade do Ferro, Época Romana e Visigótico.

Recipientes de Cerâmica
Idade do Bronze
Báculo e Placas de Xisto
Neolítico final / Calcolítico 

 Fragmento de Pé de Altar
Século VII/VIII d.C.


Aqui estou eu no elevador a caminho do 1.º piso do Museu o Paço dos Governadores Militares (conhecido popularmente como alcáçova) onde se pode ver uma exposição evocativa do século XX em Sines, pesca, agricultura, comércio e instalação da República são alguns dos temas da exposição.
 A mais singular manifestação etnográfica do concelho de Sines é a Jangada de São Torpes, uma embarcação, provavelmente de origem fenícia, usada até há muito pouco tempo com regularidade naquela praia situada entre Sines e Porto Covo.


 Tesouro do Gaio
Século VII a.C.

 Custodia de prata dourada
Século VIII, primeira metade

Sines Dia Internacional dos Museus, 18 de Maio de 2017 

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Rebocador TSAVLIRIS HELLAS

 O rebocador oceânico "Tsavliris Hellas", este rebocador pertence á Tsavliris Salvage,  uma empresa grega que entre outras actividades dedica-se ao salvamento de bens e vida no mar, fazendo do porto de Ponta Delgada sua estação de salvamento no meio do Atlântico.
O "Tsavliris Hellas" faz parte da frota do armador grego desde 2007, sendo um rebocador construído na Bélgica pelo estaleiro, Berliard-Murdoch SA, em 1977. 
O rebocador Tsavliris tem 2 motores que totalizam uma potencia de 10 000 BHP, desenvolvendo uma força de tracção de 120 tons. Este rebocador está equipado com dois guinchos, sistema de combate a incêndios e poluição.
O seu comprimento é de 66,7 metros, 14 metros de boca e 5,7 metros de calado, tem bandeira do Panamá.
Rebocador atracado no finger do Tms - Terminal Multipurpose de Sines  em 29.11.2016

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Navio: Coral Pearl

 O navio CORAL PEARL no Terminal Petroquimico de Sines.
Especificações do navio:
 (IMO: 9425253, é um navio lpg tanker construído em 2009 e actualmente navegando sob bandeira da Holanda. O CORAL PEARL tem 115m de comprimento e 19m de boca. A sua tonelagem bruta é 7251 ton.





 Sines, 16 de Maio de 2017

terça-feira, 23 de maio de 2017

Navio: Letizia Effe


 Navio: Letizia Effe no finger do TMS - Terminal Multipurpose de Sines para pequenas reparações.
Dados do navio
IMO 9373230, Tipo navio N/T Produt. Químicos, Bandeira Itália, 
Porto registo Palermo, Tipo navegação Longo Curso, 
Ano construção 2008, Comprimento 149,95, Calado Máximo 9,2









TMS - Terminal Multipurpose de Sines, 16 de Maio de 2017.

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Quadras de Ana Quintino

 Ana Quintino apresenta “Quadras”, uma mostra do seu trabalho de Pintura em que visita estações do ano, locais de passagem e técnicas que remetem para o principio fundamental de pintar com o movimento do corpo. Natural de Setúbal, em 1989, concluiu artes plásticas na ESAD CR., com o seu trabalho explora a sua observação e memória das experiências vividas por si com o tempero da vida dos que a rodeiam.

Eu ao pé do quadro "Corte Verde" de 2013
Quadro "MarPetróleo" de 2015
Quadro "Meias de Sonho" 2014
Quadro "Por Cima" de 2011
Idalisa ao pé do quadro "Folhagem" de 2015
Quadro "Íris" de 2016
Setúbal, 20 de Maio de 2017

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Decorações na baixa de Setúbal

 A baixa de Setúbal ganhou nova vida com estas decorações feitas de garrafas de plástico, uma forma muito interessante de aproveitamento de materiais que são transformados em pequenas obras de arte/decorativas que fazem um belo efeito visual e embelezam as ruas da baixa comercial da cidade.










Setúbal, 07 de Maio de 2017. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...